A Importância do Pilates praticado na Terceira Idade

28/03/2018

Existem dois processos de envelhecimento dos quais é necessário salientar: a Senescência, que é o processo de envelhecimento natural e que ocorre de forma saudável; e a Senilidade, que é associado ao desenvolvimento de condições patológicas por estresse emocional, acidentes ou doenças crônicas degenerativas. Dentre essas, estão: Hipertensão Arterial, Diabetes, Osteoporose, Artrose, Incontinência Urinária, etc.

 

Os maus hábitos também podem prejudicar as capacidades funcionais, levando a insuficiência dos órgãos nos idosos. Tais alterações podem ocasionar perda da:

  • Resistência;

  • Flexibilidade;

  • Equilíbrio;

  • Coordenação;

  • Memória.

O que pode levar significante perda da autonomia e qualidade de vida desses idosos.


A prática do exercício físico melhora a massa muscular e óssea (trabalhando com o peso do próprio corpo, auxiliando no tratamento e prevenção da osteoporose), aumento da força, melhora da flexibilidade notadamente em indivíduos com mais de 50 anos. Praticado regularmente, diminui a incidência de quedas, fraturas e suas complicações, assim como a mortalidade em portadores de doença de Parkinson, Esclerose Múltipla e doença de Alzheimer.

Sendo assim, o método Pilates é visto como prática essencial de exercício físico, uma vez que são muitos os benefícios comprovados cientificamente, impactando de forma positiva na qualidade de vida das pessoas na terceira idade.

 

O Pilates é uma técnica dinâmica que visa trabalhar a respiração, flexibilidade, concentração, forca, equilíbrio, coordenação, melhora da postura, assim como melhora da capacidade cardiopulmonar, atua como tratamento e prevenção de dores crônicas como a Artrose, de forma adaptada para condição de cada um.


O Pilates atua também com a melhora da marcha, através da realização de exercícios que induzem a melhora do equilíbrio, e de treinos proprioceptivos, assim como também trabalha a alteração da pisada, levando a um aumento do tônus muscular, melhora da mobilidade e flexibilidade dos pés, diminuindo o risco de quedas em idosos.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Destaques

Diminuição rápida de peso em idosos: Cuidado! Pode ser Sarcopenia!

06/11/2019

1/10
Please reload

Recentes
Please reload